quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO ! ! !

Receita de ano novo

(Carlos Drummond de Andrade)

 


Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.



Feliz 2010 queridas, que no ano que se inicia, todos os nossos sonhos se transformem em realidade!
 
Um grande e afetuoso abraço!

Escolhas...


Queridas, obrigada pela "força" devido ao post anterior.  Os pensamentos sabotadores já se foram e ontem eu estava na academia feliz e contente cuidando do meu "corpitcho".  Inclusive, ontem, retomei os treinos de corrida, de leve óbvio, já que fiquei parada muuuuuuuuuuuito tempo devido ao peso. Consegui fazer os 40 minutos lindamente numa velocidade bem baixinha, um trote e quando diminui pra recuperar, alongar e vir pra casa, senit uma dor que eu nunca tinha sentido na vida.  Parecia uma pedrada na parte posterior da coxa, olhei rápido pra trás, procurando o "atirador" da pedra, tinha esquecido que atrás da esteira tem um espelho...kkkkk.  Pois é meninas, tive uma distensão muscular em pequeno grau.  Agora, se o pequeno grau é assim, nunca na vida quero experimentar o médio ou grande grau...rsrsrsrs.  Fui muito bem cuidada pela equipe da academia e vim para casa ainda com dor.  A dor ainda não passou, mas também não adianta ficar paradinha, estou indo pra academia agorinha mesmo, mas hoje não vai dar pra correr e nem pra fazer os exercícios de perna...
Ontem eu conversava com uma amiga, sobre uma situação de minha vida que posso caracterizar como desagradável e mais uma grande ficha caiu. Falávamos sobre bebida e eu expunha os motivos de eu ter parado de beber e ela me dizia que eu estava sendo radical, que dava pra "beber socialmente" e aí eu disse a ela o seguinte: mas pra que eu vou beber socialmente se a bebida não me faz bem?  Se quando eu estou num bar, bebendo socialmente com os meus amigos, o que eu quero realmente desfrutar é a conversa, a presença em si, não preciso beber para ter isso, posso tomar água, um refrigerante e não consumir álcool.  A gente às vezes confunde as nossas necessidades.  O necessário pra se sentir feliz com os amigos não é o chopp, a caipivodcka, os drinks sejam eles quais forem e sim os amigos...aí eu me dei conta e completei: da mesma forma, não preciso sustentar o vício da obesidade com batata frita e petiscos em geral, posso apenas aproveitar meus bons amigos! 
A vida é feita de escolhas.  Quanto à bebida eu já fiz a minha, pois tive muiiiiiiiiiiiitos problemas desde criança com situações onde a bebida estava incluída em festas familiares.  No dia que me senti "como um deles" escolhi não beber mais.  Quando eu não tinha escolha por ser criança e era obrigada a estar no meio de tios, primos etc embriagados, eu estava.  Infeliz, mas estava.  Hoje, que cresci, posso fazer as minhas escolhas e uma delas é não estar no meio de amigos embriagados a outra, que estou aprendendo dia após dia é não estar num corpo embriagado pelos efeitos da comida...com estas percepções que acontecem quase que diariamente o caminho vai ficando mais fácil, cada vez mais fácil.
Grande abraço meninas!  Dentre tantos caminhos: boas escolhas!

Amanhã vou tentar postar rapidinho um texto bem legal sobre o reveillon...rsrsrsrsrs

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Sobre o natal mais magro


Bem, como eu disse ontem que já sabia mais ou menos o que escrever, esperava apenas a pesagem, tudo se constatou!  Tudo ia muito bem, estava determinadíssima a ver todas as comidas natalinas e ignorá-las isso tudo enquanto as tais comidas não estavam na minha frente.  No exato momento em que elas passaram a estar na minha frente, passei a viver uma briga interna jamais vivenciada.  O cabeção de gordo pesava e me dava água na boca, roncar no estômago e tudo mais e aí eu lembrava que fazia meta real e que precisava esperar até a fome física e assim se foi.  Esperei a fome física e quando ela chegou, simplesmente esqueci que fazia reabilitação alimentar...comi sem pensar, sem critério...o resultado não poderia ser diferente: engordei!  Não engordei tanto quanto engordaria se não estivesse na meta real pois tenho certeza absoluta que eu não ia comer apenas na hora da fome física e sim o dia todo.
Ontem na reunião experimentei uma sensação horrorosa, me senti incapaz diante da comida, me senti frustrada e pasmem, passou pela minha cabeça a idéia de desistir, ligar o f****.  A reunião foi rolando e eu ali, consumida pelas idéias de que não sou capaz, não consigo e quero desisitir, para falar a verdade nem sei o que estava acontecendo na reunião.  De repente a Beth elevou a voz e disse :Aí o gordinho começa a pensar em desistir, começa a se sentir incapaz, porque ele é uma vítima dele mesmo...minha atenção se voltou para a palestra que tinha como tema "De vítima para a liberdade" e eu me dei conta de que realmente o gordo (eu) vive realmente na condição de vítima.  Coloca a comida como algo que tem um super, hiper,mega poder e se faz de vítima diante dela: - ah, mais eu não posso!! -ah, mas tantas pessoas comem tudo isso e nada acontece, mas comigo não, eu tenho que engordar, eu mereço...e por aí vai!!!  E depois que a comida recebe o indevido poder e o corpo os gramas ou quilos a mais, é hora de se lamentar um pouco mais e dizer que tudo dá errado, oh vida, oh céus, oh azar...
O antídoto para isso tudo então, é se perceber como responsável por suas escolhas e sair da condição de vítima.  Dá um pouquinho de trabalho, mas se afastarmos a idéia de que não conseguimos nada nunca e começarmos a ser mais positivas fica bem mais fácil...
Acho que só devo escrever agora em 2010, então, um lindo reveillon para todas!  E que em 2010 possamos alcançar todos os nossos sonhos!!!
Beijossss

domingo, 27 de dezembro de 2009

2 em 1: Emagrecer é solidário / Acomodação


1. EMAGRECER É SOLIDÁRIO:


Pois é meninas, estou muito feliz com meus 11,00 kg emagrecidos. Tive uma orientadora na Meta Real que ao final do ano, propunha a cada uma de nós, doar os kg emagrecidos em alimentos para alguma instituição de caridade. Pois bem lembrei disso, passei num supermercado comprei 11 kg de arroz e levei para um orfanato chamado Lar Beneficente Amar,  que fica em Parque Paulista, um bairro do município de Duque de Caxias, baixada Fluminense. Não sem antes juntar essa pilha imensa de arroz e fotografar. Pude mais uma vez constatar que eu emagreci e que foi MUITO mesmo.




2. ACOMODAÇÃO:


Nesse clima de comemoração e organização para o próximo ano que se iniciará dentro em breve, estava arrumando a minha pasta da Meta Real, onde guardo os meus resumos semanais, minhas anotações, etc quando abri meu boletim. Alguma coisa me intrigou mas, eu não sabia exatamente do que se tratava. Continuei então com a arrumação quando um dos resumos em minhas mãos dizia o seguinte " Não deixe que a sensação de vitória dos primeiros quilos eliminados a convença de que a guerra com o excesso de peso acabou. Não confunda alívio com paz. A verdadeira vitória é alcançada um passo após o outro, e a meta final é a manutenção do peso conquistado:uma mente livre e um corpo saudável" Ouviram daí o tilintar das muitas fichas que "despencaram" quando eu li isso??? Pois é, emagreci muito e ponto. Venho mantendo este peso, sem me dar conta faz 2 meses. Ora oscilo um pouquinho para cima, ora para baixo e fica por isso mesmo !!! Isso que me incomodou quando eu abri o boletim...achei !!! Estou acomodada no processo de emagrecimento porque tive excelentes resultados iniciais. Mas isso definitivamente não vai ficar assim mesmo!!! Erro localizado, é hora de arregaçar as mangas e cair dentro!!!


Amanhã tenho a pesagem do meu desafio "Por um natal mais magro" depois do resultado eu conto como foi...embora já tenha uma noção do que eu vou escrever.

* Mais cedo, postei alguns dados que retirei do livro "The Secret - o segredo" que ganhei de natal e estou lendo.  Interessante, vale conferir!


Boa semana meninas.

The secret - O segredo e seu corpo


 Comecei as leituras de férias por um livro que já ouvi falar muito, mas que ainda não tinha lido: "The secret - o segredo".  Alguns dizem que é ciência, outros que é auto ajuda barata, outros que não há novidade nenhuma...acredito que funciona, mesmo sem me questionar o que seja e isso é o bastante.  Ontem cheguei num capítulo que se chama "O segredo e seu corpo" e eis que encontrei umas coisas interessantes que quero partilhar com vocês.  Em algumas coisas, identifiquei aspectos bem semelhantes ao programa do Meta Real:
"A primeira coisa a saber é que, se você se concentrar na perda de peso, atraírá de volta a necessidade de perder mais peso; portanto, tire da mente a idéia de - ter de perder peso -.  É por esse motivo que as dietas não dão certo.  Por estar concentrado na necessidade de perder peso, você deverá atrair de volta a necessidade contínua de perder peso."
Tal afirmação vem ao encontro do que aprendo na Meta Real de que devo concentrar o meu pensamento no meu objetivo que é eliminar peso e não perder, pois o que se perde se acha.
" A segunda coisa a saber é que, a condição de estar acima do peso foi criada por seu pensamento.  Em termos mais simples, se alguém está acima do peso, isso se deve ao fato de ter "pensamentos obesos", quer seja consciente disso ou não.  Uma pessoa não pode ter pensamentos magros e ser gorda.  As exolicações que as pessoas têm sobre sua tireóide lenta, seu metabolismo ou biotipo hereditário não passam de disfarces para os "pensamentos obesos".
Acho que dispensa comentários...

Segundo o livro, a maneira correta de atrair o peso corporal ideal usando "O segredo" consiste em 3 passos:

1. PEDIR
Estabeleça o peso que você quer ter.  Visualize sua imagem ao chegar àquele peso ideal.  Consiga fotos do corpo que você gostaria de ter e olhe sempre para ela. (Alguém lembrou da auto iamgem do Meta Real?)
2. ACREDITAR
Você tem de acreditar que irá conseguir e que o peso ideal já é seu.  Imagine, finja, aja, simule que tem o peso ideal.  Você tem de se ver recebendo o peso ideal (Alguém continuou lembrando da auto imagem?).  Se habitue a procurar e admirar pessoas que tenham seu modelo de corpo perfeito.  Se vir pessoas acima do peso, não preste atenção nelas; transfira imediatamente sua mente para a imagem de você no seu corpo perfeito.
3. RECEBER
Você precisa se sentir bem.  Sentir-se bem com você.  Isso é importante porque você não pode atrair seu peso ideal caso se sinta mal com seu corpo atual.  Quando você se sente mal com seu corpo está tendo um sentimento poderoso que atrai mais sensações ruins sobre seu corpo.  Se continuar procurando defeitos, o universo lhe oefertará aquilo que procura: mais defeitos! (noooossa, to boba!!!)Louve cada centímetro do seu corpo.  Pense em todas as coisas boas e perfeitas em você.  Quando tem pensamentos perfeitos ese sente bem com você, você entra na frequencia do seu peso perfeito, atrai mais perfeição.

E para terminar:
"Wallace Wattles em um de seus livros dá uma dica maravilhosa sobre comer.  Ele recomenda que você deve se concentrar inteiramente na experiência de mastigar a comida.  Fique atento e experimente a sensação de comer e não permita que a sua mente se distraia com outras coisas.  Concentre-se em seu corpo e desfrute a sensação de mastigar a comida e engolir.  Quando você está inteiramente concentrado na comida, o sabor é intenso e incrível, quando você permite que sua mente devaneie, o sabor praticamente desaparece."

Beijos meninas...amanhã uma postagem 2 em 1 de uma percepção super interessante!

Referência bibliográfica:
BYRNE, Rhonda. The Secret - O segredo. Tradução de Alexandre Martins,
Alice Xavier e Marcos José da Cunha. 13ª Reimpressão/ Edição Comemorativa.São Paulo: Ediouro, 2009.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Meias vermelhas...


Quando estes pensamentos me vieram à tona, o blog estava, sabe Deus porque, fora do ar e eu tratei de escrever correndo no Word pois quero compartilhar cada um deles com vocês. Sabem, desde que cresci um pouquinho e ganhei autorização para freqüentar a cozinha de casa me identifiquei por demais com este espaço. Não sou filha de cozinheira e embora minha mãe cozinhe bem, não o faz com o mesmo prazer que eu. Eu AMO cozinhar. Cheguei até mesmo a pensar em estudar gastronomia, ser uma chefe, ter a “minha cozinha” , mas sei lá porque deixei este sonho adormecer. Mas o amor pela arte de cozinhar não. E todos os meus amigos sabem disto. Meus pratos, sejam eles mais elaborados ou não sempre fazem sucesso. Estava aqui agora, lendo o presente que ganhei de meu namorado de natal, um livro de receitas das mais variadas que eu amei. Ele me disse que pensou em comprar um livro de saladas mas como eu já tenho um ele achou melhor me dar um que tenha de tudo e ganhei um exemplar do “Mais você dez anos – de Ana Maria Braga” dei uma boa folheada e em meio as receitas, estão histórias de vida e de trabalho desta apresentadora que tem a minha admiração. E no meio desta boa olhada no livro, e nas histórias que traz, achei justificada a minha “paixão” pela culinária e me dei conta disto quando me peguei tentando escolher uma das receitas para prepara ainda hoje e através dela, entregar o meu carinho na ceia de natal. Seria o máximo, além de saborosa, uma receita nova preparada com o auxílio de um presente que ganhei de natal...ops, caiu a ficha! Fui acostumada a receber carinho em forma de comida, sentir o carinho através dos sabores de macarrões, sopas, chocolates, picolés, balas ...e agora estou aqui pensando em cozinhar algo para que as pessoas percebam com as papilas gustativas o quanto eu gosto delas...
Óbvio que não vou deixar de gostar de cozinhar e tão pouco jogar meu livro de saladas ou este que acabo de ganhar no lixo, apenas vou tentar ter um novo olhar sobre o ato de cozinhar. Vou continuar gostando de cozinhar sim, mas não com o intuito de oferecer carinho, mas com o prazer pela alquimia da cozinha e para meus convidados, apenas o prazer de saborear aquilo que eu preparar. O carinho é melhor entregar sobre a forma de palavras, abraços, beijos, etc.
Como meta para emagrecer no natal, tenho conseguido me comportar bem. Ontem tive aulão de natal na academia e em meio à musses de maracujá, pavês de chocolate, rabanadas, pães de queijo, quiches, salgadinhos, patês e uma lista imensa de guloseimas, escolhi comer do sanduiche que eu mesma levei que foi feito com molho à base de mostarda e orégano com um pouco de azeite extra virgem, queijo prato ligth e mortadela defumada ligth junto com tomate e alface e azeitona verde decorando. Somados aos dois pedações de sanduiche (mais ou menos meio pão francês) um pequeno pão de queijo e uma rabanada com dois copos de coca cola zero. Embora não tenha observado tanto a mastigação e tenha comido depressa demais, consegui observar a saciedade,até porque a impus ao meu corpo e minha mente tão logo os dois pedaços de sanduiche, a rabanada e o pão de queijo tenham chegado ao estômago. Participei do social sem comer e me despedi sem lamentar estar deixando a comida pra trás. Saí com meu namorado e à noite cometi um pecadinho: embora na hora da fome física, acabei comendo um pouco à mais de chocotone, mas como foi na fome física tudo mais ou menos certo. Mas assim que acabei de comer, vi que tinha comido demais e sei que fiz isso porque não dei atenção à mastigação, esse é todo o segredo!!!
Não sei se vou conseguir postar à tempo, de qualquer forma, desejo que todas vocês tenham um felicíssimo natal e uma ceia vitoriosa, onde possamos ser donas de nossas escolhas e desejos!
Termino a postagem de hoje, com uma mensagem que está no livro que ganhei. Foi a primeira das muitas mensagens que foram lidas pela Ana Maria Braga nos 10 anos de “Mais você” e justamente por isto, está no livro. Talvez eu tenha interpretado errado, mas como diz Mário Quintana: “quando se pergunta o que o autor quis dizer, ou o autor ou o leitor são burros”, usei minha inteligência:
O menino das meias vermelhas – Heitor Cony
Todos os dias, ele ia para o colégio com meias vermelhas.
Era um garoto triste, procurava estudar muito, mas na hora do recreio ficava afastado dos colegas, como se estivesse procurando alguma coisa. Os outros guris zombavam dele, implicando com as meias vermelhas que ele usava.
Um dia, perguntaram por que o menino das meias vermelhas só usava meias vermelhas. Ele contou com simplicidade:
- No ano passado, quando fiz aniversário, minha mãe me levou ao circo. Botou em mim estas meias vermelhas. Eu reclamei, comecei a chorar, disse que todo mundo ia rir de mim por causa das meias vermelhas. Mas ela disse que, se eu me perdesse, bastaria ela olhar para o chão e quando visse um menino de meias vermelhas saberia que o filho era dela.
Os garotos retrucaram:
- Você não está num circo! Por que não tira essas meias vermelhas e joga fora?
Mas o menino das meias vermelhas explicou:
-É que a minha mãe abandonou a nossa casa e foi embora. Por isso eu continuo usando estas meias vermelhas. Quando ela passar por mim, vai me encontrar e me levará com ela.

· Quais são as nossas (as minhas e as suas ) meias vermelhas? Que situações “perdidas” carregamos conosco diariamente e que sensações de conforto elas nos trazem? Qual é o “sabor” que a sua meia vermelha tem???

Um grande abraço.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

10,43% mais leve...




Como falei no post de domingo, eu voltei pra academia. Ontem eu estava ótima e numa disposição só, de manhã. À tarde comecei a sentir os efeitos de ficar muito tempo sem se mexer e voltar a treinar. Parece que eu apanhei. Não consegui se quer ir à reunião do meta de carro pois meus músculos não iam aguentar dirigir. Meu irmão morreu de rir. Hoje acordei com mais dor ainda e mesmo assim lá fui eu pra academia. Óbvio que não consegui fazer a série completinha com as cargas para 15RM, então diminui tudo e agora está aqui o corpo esticado na cama cheio de dor...mas, lamentações não resolvem DMIT (dor muscular de início tardio) então mais tarde, estarei no spinning...rsrsrs porque o que eu ouvi hoje me fez adorar estar sentindo esta dor e me fez ter mais vontade ainda de fazer ela passar...


Eu voltei para a academia que eu frequentava quando estava 10, 500kg mais gorda...aí hoje encontrei um dos professores que falou comigo perguntou se eu estava bem...minutos depois ele veio falar de novo comigo: "- Nossa, agora que eu lembrei quem é você...eu sabia que te conhecia de algum lugar, mas não lembrava da onde. Você era aluna daqui...MAS COMO VOCÊ EMAGRECEU! " e o papo continuou com ele me convidando pra fazer as corridas de rua na equipe da academia... e olha que máximo...seis meses atrás eu seria convidada no mínimo pra um alongamento à noite...kkkkkk. Foi quando usei meu conhecimento científico, que aliás emagrecer está me fazendo colocá-lo mais em evidência, pra dizer que ainda não quero pra correr porque estou meio pesada ainda, não quero sobrecarregar minhas articulações nem meus ossos, mas daqui 5 quilos mais leve vou começar a treinar...


Semana passada eu tive uma engorda de 1,0kg, mas compreendi que isso acontece às vezes e ao invés de ficar me lamentando, caprichei demais nesta semana. Ontem constatei a eliminação de 1,5 kg completando assim 10,500kg, estou 10,43% mais leve e agora, rumo a um natal mais magro ...eu consigo!!!
Ah, vou dividir com vocês uma dica (principalmente pras meninas que fazem meta real): o novo disquinho sugere que sejam incluídos também no café da manhã hortaliças (verduras e legumes) e como soa meio estranho "salada" no café da manhã, agora que estou de férias e tenho tempo de preparar o meu café de manhã ao invés de deixá-lo num prato na geladeira, estou usando os vegetais como suco. Ontem tomei suco de couve e hoje suco de cenoura...bato no mixer rapidinho com água e gelo... boooooooooom!!!

Beijossss meninas!

domingo, 20 de dezembro de 2009

Porque a semana começa no DOMINGO!!!

Pois é gente, eu prometi pra mim mesma que assim que resolvesse os problemas da faculdade e tal, voltaria pra hidroginástica, só que eu pensei, pensei, pensei e repensei várias vezes e cheguei à conclusão de que não é exatamente o que estou precisando no momento. Na verdade, o que estou precisando é fazer os meus músculos crescerem...afinal, um corpo gordo tem pouca massa muscular e a que tem é fraquinha toda vida. Além disto, um corpo com a massa muscular desenvolvida gasta mais calorias e consequentemente EMAGRECE! E nesse aspecto, acho que ainda não inventaram nenhuma atividade que faça os músculos crescerem (aff, que horrível eu escrevendo nestes termos... não há nenhuma atividade que gere mais hipertrofia) que musculação!!! Decisão tomada, aproveitei que papai me mandou comprar meu presente de natal e trouxe do shopping um tênis lindo, da Mizuno e umas meias anti bactéria.
Pois bem, ontem mesmo passei na academia que eu frequentava e conversei com o professor...combinei com ele de ir hoje , isso mesmo, domingo, fazer a minha série...e acordei cedinho, tomei o meu café e às 10:00h quando a academia abriu, lá estava eu...e cá estou agora, depois de 2 horas e pouco pesadas de exercício. Minha série começa com 20 minutos de exercício aeróbio, tem a forma de montagem básica alternada por segmento e o método é circuito, tendo dois exercícios conjugados que devem ser repetidos 3 vezes. No meio dos exercícios de força, faço mais 20 minutos de aeróbio, depois mais treinamento de força no mesmo modelo e pra finalizar mais 40 minutos de aeróbio. Não preciso nem dizer que no final disso tudo estava lá o corpo cansado estendido sobre o colchonete...mas as endorfinas que circulavam me faziam rir...e me sentir tão bem!!! O corpo está aqui, pós almoço postando, cansado que só, mas com certeza bemmm mais magro! E amanhã estou lá de novo pra fazer a série B e com excessão de segunda feira que é a reunião do Meta, nas noites eu vou pro spinning, pedalar...amo...e emagrece que só...
Olhando o foco, sem desanimar...por um natal mais magro! Taí. gostei...um desafio pra mim. Já vinha pensando nisso faz uns dias, não quero engordar no natal, muito pelo contrário e tem mais EU CONSIGO, vou até fazer um selinho e se alguma de vocês quiser participar, fique à vontade.

Desafio de Natal : POR UM NATAL MAIS MAGRO
A idéia principal, como o próprio nome diz, é emagrecer na semana do Natal. Ou seja, demonstrar para mim mesma que nenhuma comida mesmo as natalinas maravilhosas são capazes de me dominar. Já estabeleci meu prêmio, caso consiga vencer o desafio. No caso de empate um brinde, para não passar em branco a não engorda agora, se engordar vou pensar num "castiguinho"de leve.
É isso...beijosssssss

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Olha o foco!!!


To com uma coisa na cabeça desde cedo... o tal do "foco". Porque as vezes a gente perde um pouco ele por aí pela vida e nessa hora, tudo desanda! Poxa, estou dez quilos mais leve e volta e meia me pego boicotando...hoje não porque hoje eu fui perfeita...mas enfim,por que a gente faz isso? Por que nas horas que a gente tem vontade de enfiar o pé na jaca, a gente não foca o olhar naquilo que é mais importante? Aquele prazer momentâneo que qualquer comida assegura nem de longe se compara ao prazer de estar menor na imagem que o espelho reflete ou entrar "naquela calça"... é só focar então...fácil né, escrevendo aqui é mole...na prática, sim, na prática vai ficar cada vez mais fácil, afinal de conta, nós somos possibilidades!!!

Bem é isso: OLHA O FOCO!!! VAI NO ALVO !!!

Eu você e todas nós!!!

Beijosssssssss

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Colhendo os louros...


Meninas, minha monografia foi um sucesso!!! Aliás um SUCESSO, assim com maiúsculas o sucessi fica maior... durante o dia eu estive bem calma, mas na hora, deu uma tremedeira nas pernas, mas eu mandei elas pararem de tremer, afinal estava em cima de um meeeega salto alto... e depois que elas pararam de tremer eu até me enrolei um pouco, mas nada que comprometesse a minha BRILHANTE apresentação e modéstia à parte eu fui mesmo brilhante.

A banca só me parabenizou...eu fiquei um pouco envergonhada no inicio, mas com os tantos elogios, comecei meio que a repetir só pra mim: eu mereço, eu aceito, eu agradeço e eu quero mais...e quanto mais eu pedia mais eu recebia: muuuuuuuuuuuuitos elogios!!! Me senti mais que elgogiada pelos componentes da banca, mas como esle acompanharam meus dilemas todos ao longo do curso, me senti homenageada...de verdade!!! Meu trabalho vai virar um artigo científico e vai para um Congresso ou uma revista científica dessas super importantes...uhuuuu, auto orgulhosa!!!

As noites que fiquei sem dormir e respirando apenas monografia me fizeram desrregrar um pouco a alimentação,mas já está tudo sob controle, amanhã volto totalmente ao esquema e o melhor: ESTOU DE FÉRIAS!!!!

Depois da mono ontem encontrei meu namorado e fomos comer num lugar lindíssimo e eu vou fazer a propaganda porque eu acho que nunca comi algo de tão bom gosto...se eu tivesse descoberto esse lugar enquanto comia por tudo e a qualquer hora eu ia deixar o dono rico. O lugar chama-se Lebronx e fica no Leblon. Comi um sanduíche chamado "Dogão Alemão" que é uma salsicha alemã servida num pão australiano, coberto com uma fatia de queijo...isso tudo recebe umas ervas divinas por cima e vai ao forno...na mesa um espetáculo. Para acompanhar,apostei numa combinação exótica pro suco, e eu adoro experimentar estas combinações, pois a de ontem estava simplesmente perfeita: abacaxi, lichia e manjericão sem açúcar, sem adoçante sem nada: PERFEITO!!! O ápice se deu quando eu com vontade de comer um doce aceitei a sugestão do garçon e pedi a sobremesa que leva o nome do lugar: Morango Lebronx...é simplesmente a coisa mais gosotosa que eu já comi: um canudinho de uma massa que não tem explicação, recheado com um creme idem e um pouquinho de chantily pra enfeitar, morangos e uma bola de sorvete...esse coitado, coadjuvante total, daqueles que nem se sente a falta... e não estou exagerando! E agora que eu aprendi a saborear as comidas, dei um valor imenso pro suco e pra minha sobremesa...quem mora no RJ deve guardar uma fome física pro Lebronx, não tem como se arrepender!!!

Vou guardar no pensamento e no coração, por muito tempo as palavras e as sensações de ontem...como é bom se sentir poderosa diante de qualquer situação...vou colher estes louros mais vezes!!!

Agora com as férias, pretendo trazer umas novidades pro blog com mais frequência...

Val, lindo teu comentário!!!

Meninas, grande beijo a todas!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Não basta merecer é preciso também AGRADECER !

Com vocês, na íntegra, a 5ª página de minha monografia que será apresentada hoje:
AGRADECIMENTOS


Faz pouco tempo que aprendi que sou merecedora de todas as coisas boas que acontecem comigo e também faz pouquinho tempo, que aprendi que devo ser grata por todas estas coisas. Seria injusto então, não mencionar entre tantas pessoas boas que me cercam o nome daquelas que de fato contribuíram para esta descoberta e diretamente para a conclusão deste projeto que custou a sair.
Deus, antes de qualquer pessoa é a Ti que devo todo agradecimento!
Aline, amiga de todas as horas e tão especial por ser sempre sinal do amor de Deus por mim: obrigada!
Pai, meu herói, meu querido, meu tudo. Mãe, meu alicerce, minha grande torcedora: obrigada!
Rapha, meu querido irmão: você é simplesmente o melhor irmão que alguém poderia ter: aquele que protege, que zela, que incentiva, que ensina a ter coragem de enfrentar os desafios: obrigada!
Eric, meu gigante, meu “grande homem” que tem o coração tão grande quanto sua altura, que esteve comigo em cada desafio, cada lágrima, cada alegria, cada conquista: obrigada!
Fani e Odaísa por todas as revisões, cada sugestão, cada impressão, cada palavra amiga, cada ombro oferecido nos momentos difíceis, cada incentivo quando a vontade de desistir tomavam conta me foram muito importantes: obrigada!
Therezinha que em tão pouco tempo de convivência me fez enxergar tantas coisas maravilhosas que eu preferia não ver: obrigada!
Eleonora, por devolver a mim a capacidade de me expressar através da voz e por toda amizade, todo carinho, toda dedicação: obrigada!
Beth, aquela que está me ajudando a reencontrar aquilo que de fato é essencial: obrigada!
Valérie, minha amiga de tão, tão distante, pelo exemplo, pela coragem e principalmente por me fazer acreditar que tudo é possível quando se acredita: obrigada!

Minhas queridas "Chicas" por existirem na minha vida, por serem as melhores amigas que qualquer pessoa poderia ter: obrigada!
Márcia Albergaria, muito mais que professora ou orientadora, uma verdadeira mão amiga nas horas difíceis. Exemplo de força, de coragem, de superação. Aquela que sempre tem a palavra certa na hora mais precisa. A perfeita compreensão, o carinho na medida, a ajuda necessária, a “puxada de orelha” que faz crescer,” o soltar a mão” e deixar ir sozinho quando possível e o olhar atencioso para o caso de uma eventual queda: não consigo imaginar minha graduação sem a sua presença: obrigada, por tudo!
E a você Janaína, minha querida amiga que foi morar no céu tão cedo e que deixou tantas saudades...tenho certeza absoluta que daí de cima você também está me apoiando: obrigada!

domingo, 13 de dezembro de 2009

Não existe mastercard capaz ce fazer isto!!!


Um espetáculo essa vida de fim de ano, ainda mais quando se tem 10 kg a menos pra comemorar...um luxo só!!!
Hoje fui com meu amore ao encerramento do ano no DL (aquele treinamento que eu fiz e que eu vivo falando que é tudo de bom), uma festa linda e cheia de elogios...ainda mais que como andei tendo problemas com o carro e o lugar é um pouquinho longe, fiquei um tempinho (uns três meses afastada). Me perguntaram até se eu tinha operado o estômago...olha só que máximo, eu pude responder : Não, estou fazendo reabilitação alimentar! Uhuuuuuuuu (nada contra a cirurgia nos casos em que se faz necessário viu meninas!)
Mas o melhor ainda está por vir...ganhamos uma linda camiseta de presente e quando me perguntaram o meu tamanho, eu respondi: G. Abri a camiseta, coloquei e a danadinha ficou enooooooooooorme...troquei pela M isso mesmo, M de magra que é assim que eu estou ficando...e mais elogios...como isso é booooooooom!! rsrsrs
E ainda brinquei muito no balanço e subi nas pontes móveis e relembrei como é bom ser feliz e como é bom começar a assumir o controle da sua própria vida...sem palavras!!!
A festa foi linda e eu me senti num "reveillon" e diferente de outros reveillons eu não conseguia pensar no que virá daqui pra frente, mas fui tomada por uma imensa sensação de gratidão... isso não é pra qualquer um...









Cabé e eu usando minha linda camiseta M de magra...





É , acho que não preciso dizer mais nada...
Beijossssssssss

sábado, 12 de dezembro de 2009

Uhuuuuuuuuu!!!

Nossa gente, com essa correria intensa não deu tempo de entrar aqui e contar pra vocês o que aconteceu nos dias que se seguiram à crise existencial devido a reprovação que contei no último post...pois bem, minha monografia está quase prontinha pra impressão, precisando apenas de alguns ajustes, no fim de semana finalizo isto e também a apresentação.
Na quarta feira saí do trabalho e meti o pé na estrada rumo à Reunião do Meta de São Gonçalo, me enrolei mas cheguei e que perfeito, a reunião era sobre estados emocionais, perfeita para o meu momento...aprendi muita coisa importantíssima!!! Mas o melhor ainda estava por vir, o momento da balança: constatei eliminados 10,100kg e isso simplesmente NÃO TEM PREEEEEEEEEEEEEEÇO !!!!
Quinta feira rolou amigo oculto no trabalho e reparem o modelito que me permiti usar:
Uma pena não ter uma foto sozinha desse dia, mas acho que dá pra ver bem né...reparem também o meu braço, quase pela metade, um espetáculo...rsrsrsrsrs E pensar que uns três meses atrás eu andava me escondendo em roupas imensas e escuras...rsrsrsrs é óbvio que não estou magra pois ainda tenho muito a eliminar, mas saber que estou 10 eu disse DEZ quilos mais leve simplesmente não tem preço...EU ACEITO, EU MEREÇO, EU AGRADEÇO MUITO E EU QUERO MAIS, MUIIIIIIIIIIITO MAIS!!!!


Agora, põe reparo com mais atenção nesta foto, achei uma quase no mesmo ângulo:


Além da "permissão" obtida para usar uma batinha tomara que caia, olhem só o resto, como diria uma amiga minha, o "conjunto da obra" que rosto era aquele??? E pior, que olhar triste era aquele??? Escondida atrás de um cabelo horroroso e um sorriso amarelo...aff, que tristeza!!!
Estou virando uma nova mulher!!!




E pensando bem, sabe que terminar a faculdade daqui 6 meses pode ser até bom...imaginem só, vou receber o diploma quase na minha meta ou até quem sabe nela...rsrsrsrs


Beijos meninasssssssssssss

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Fracasso, como dói...

Gente,minha vida neste semestre foi uma loucura só...eu trabalho de 7:15 às 16:00h e logo depois disso ia pro estágio, todo dia, até às 22:00 e longe qu só da minha casa. Tive aula aos sábados, tive treinamentos do trabalho aos sábados... Escrevi milhares de relatórios de estágio e de trabalho. Mas de todos os dias, o meu pior era segunda feira...
Toda segunda feira eu acordei cedo, tomei café e sai para o trabalho levando na mochila imensa almoço, lanche (simples), jantar, roupa, toalha, sabonete, xampu...a minha vida começava às 5:00h e só terminava às 00:20, quando enfim eu colocava os pés dentro de casa exausta. Ah, e ainda tinha que preparar a mochila pro dia seguinte!!! Essa rotina louca começava no meu trabalho e passava pela ida à reunião do Meta Real e terminava com aula na faculdade de 21:20 até 23:30 e como não poderia deixar de ser, cada evento deste acontecia num extremo do Rio de Janeiro. Não foi difícil para mim só, meu namorado enfrentou tudo isso junto comigo, já que de ônibus era impossível cruzar o Rio em uma hora e no meu trabalho simplesmente não há onde estacionar, ele saía do trabalho e passava na minha casa pra pegar meu carro e enquanto íamos de um lugar ao outro eu tentava descansar um pouco. E foi assim o semestre inteiro. Tudo isso para que eu, ao final do ano conseguisse colar grau.
Nunca fui péssima aluna, muito pelo contrário, sempre tive médias elevadas, CR alto e sempre ganhei um apelido que nunca me incomodou por ser sinônimo de inteligência: CDF.
Pois é, a CDF aqui experimentou as piores sensações que se pode experimentar: fracasso, frustração," burrice". No dia da prova da tal matéria, me deparei com uma prova de apenas 4 questões e extremamente mal formulada, fiz o que eu pude, o que eu entendi daquilo que aquele ser que se diz professor estava pedindo... Tirei a nota mais ridícula de TODA a minha vida 1,5 !!!! Na turma alguns foram bem, outros foram mal, muitos colaram e foram muito bem...fui honesta e muito mal... tô reprovada...apresento minha monografia daqui alguns dias e não vou poder colar grau por conta de uma disciplina...se eu fosse desonesta, como muitos na sala que tinham cola na perna, no braço, na cadeira, na parede e onde mais se possa imaginar, eu não estaria passando por isso...foi tudo em vão...a correria, os cochilos no carro, os dias e mais dias de estudo... a única coisa boa disso tudo é o Meta Real...
Sou professora e fico muito triste quando vejo coisas como as que vi ao longo deste semestre. E não pensem que digo isto só porque fui reprovada, desde o início trocavamos esta mesma opinião em sala, inclusive os bons e ótimos alunos (e também aqueles que tem muito talento pra cola) existem professores que sabem demais, mas não sabem se expressar, não sabem chegar ao entendimento do aluno...lutei por um semestre com essa situação, já que não entendia as aulas, estudei em livros, artigos e tudo mais...mas não foi o suficiente, porque além de entender o que eu precisava eu deveria ter entendido com as exatas palavras que o meu professor queria na prova...pois é, questões "certas" viraram "erradas" por diferença no vocabulário... Sugiro a este tipo de professor que abra o espaço da sala de aula para alguém mais competente a este ofício e vá dar sua contribuição em outros locais como por exemplo laboratórios de pesquisa. Ser professor não é pra qualquer um...ser aluno idem...
Chega de me lamentar, já chorei o suficiente e não adianta, tenho mais um semestre pela frente !!!

sábado, 5 de dezembro de 2009

Ninguém mereceeeee !!!


Depois da crise de ontem, onde perdi totalmente
o meu controle, é assim que estou me sentindo um PAC-MAN...

AFF, o cabeção de gordo deveria poder ser retirado de uma vez das nossas cabeças!!!
Bom fim de semana para todas...vou salvar o resto do meu!!!






domingo, 29 de novembro de 2009

Tirando o poder deles...


Não sei bem ao certo quando, como ou porque esses dois alimentos entraram na minha vida, mas com toda certeza do mundo, alguma coisa o meu incosciente registrou e faz questão de me "lembrar" sempre que me encontro diante de um deles. Sabe aquele alimento que você simplesmente não resiste, perde a educação, esquece que tem alguma compostura??Pois bem, eis os meus: chocolate, principalmente o chocolate e biscoito recheado, que é melhor ainda se for de chocolate.

Tive a oportunidade de participar da palestra "O siginificado dos alimentos" da primeira vez que fiz meta real. Levei um chocolate. Até consegui me lembrar de uma situação com chocolate, mas nesta situação, o chocolate já era significativo na minha vida...pois é...não sei de onde veio nem esse meu chocolismo nem o meu biscoitismo...

O fato é que tanto o chocolate, quanto o biscoito recheado certamente me remetem a alguma situação de paz, de tranquilidade, de amor que eu ainda não descobri qual é. Mesmo me reabilitando, esta semana desandei a comer chocolate, bastante chocolate.

Amanhã, refaço esta dinãmica, espero voltar com a resposta!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Eeeeeeeeee saudade!!!


Gente, tô meio em dívida com as escritas por aqui, nossa, muiiiiiiiiiiiiito trabalho, muita correria, provas na faculdade, monografia pra entregar, pilhas e pilhas de relatórios de estágio e horas AAC, isso sem falar nos problemas no trabalho e na gastrite, a pior coisa do momento, sem dúvida que tem me enlouquecido... to tratando, mas como o médico falou, é lento...


Fora tudo isso, muita coisa boa acontece... fui convidada pra expor minhas bijoux numa feirinha no dia 07 de dezembro no pátio da prefeitura, meu carro finalmente ficou "bom" de tudo ruim que andou acontecendo e eu já passeei bastante. Fomos no sítio de um amigo, fomos no DL, fomos por aí...e em janeiro tem mais, quando estiver de férias eu vou passear muiiiiiiiiiiito...acho que vai rolar até uma "expedição" aérea num lugar que eu conto logo logo que souber se vou mesmo...to louca pra chegar logo minhas férias, primeiro porque to cansada e segundo porque finalmente vou poder voltar pra hidroginástica porque a faculdade vai acabar e isso é mais uma coisa boa que acontecerá: terei nível superior, depois de muito boicote e protelação... uhuuuuuuuuu!!!


Segunda feira, cheguei meio desanimada na reunião, achando que eu tinha engordado porque não fiz assim tudo certinho na melhor das formas de se fazer e eis a grata surpresa, emagreci 600 gramas. Sim, não é muito, mas é MUITO melhor que empatar e MELHOR AINDA que engordar...eu mereço, eu agradeço, eu aceito e eu quero mais, MUITO mais!!!


Correndo mais uma vez, vou embora pra faculdade, tenho que conversar com a minha orientadora da monografia e pegar um livro na biblioteca para poder estudar, tenho prova segunda feira e sinceramente: NÃO SEI NADA.


Fui, tudo de bom pra todos!!




PS.: Val, lindinho seu comentário no meu último post. Amei conhecer você também!!! Fofa, apoiadora, possibilidade, linda, exemplo...desejo-lhe tudo de melhor!!!




segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Eu tenho a sorte de fazer meta real

Gente, hoje, pude me dar conta do quanto eu sou feliz fazendo meta real. Acho simplesmente fantástico dar início ao processo no qual me encontro: o de compreender que nenhuma comida tem o poder de me engordar, mas sim, a relação que eu tenho com ela que o faz. Fico sinceramente com pena de quem ainda não atingiu esta compreensão e recorre à tantas coisas radicais para emagrecer...e no sentido de radical, incluo qualquer coisa que não seja comer com a boca e o estômago e sim com as emoções... o fato é que para reverter isto, é preciso ir lá no fundo e curar as emoções para pouco a pouco ir se despindo das capas e mais capas de gordura.
Bem ao encontro do que penso, veio a palestra de hoje que falava sobre "a segunda intenção de estar gordo". Pois é, pasmem, mas nenhum gordo está gordo "sem querer"...por baixo destas capas imeeeeeeeeeeensas constituidas de banha, existe lá no mais profundo inconsciente algo que luta para nos manter gordinho, a fim de nos proteger, nos oferecer características de responsabilidade, força, sucesso e afins...e a gente nem tchum...
Ao longo da palestra percebi os meus motivos de estar gordinha. Creio que isto é mais uma "cura" do meu inconsciente e que facilitará por demais o meu processo... então, se você ainda não sabe o porque de estar gordinho, pense bem no momento em que começou a engordar...é aí que está a sua resposta. Tenho certeza que assim como eu, você já sabe se cuidar sozinha e não precisa mais da "muleta" oferecida pela comida...bola pra frente, a gente chega lá!!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ânimo, ânimo, ânimo...

Nossa, a palestra desta semana foi "Como fica a vida social" e teve como objetivo ensinar o comportamento adequado em festas e eventos sociais de modo geral. Confesso que do mal de ir para a festa pensando somente na comida, e aproveitar tão somente a comida me curei faz tempo, no entanto, aproveitava a música, as pessoas e a comida da maneira errada...
As maiores percepções que eu tive, não tiveram nem um pouco a ver com a vida social e sim com as desculpas que arrumamos dia após dia para não fazer as coisas direito, como por exemplo: GASTRITE. Estou com gastrite e com recomendação médica de não deixar o estômago esvaziar. Conversei com a orientadora, que inclusive já teve gastrite e me ensinou di-rei-ti-nho o que e como fazer...mas, pergunta se eu fiz??? Óbvio que não, se tivesse feito, não estaria escrevendo sobre isto aqui...rsrsrsrs Encontrei na gastrite o cúmplice perfeito para as minhas escapulidas. Além disto, quer desculpa melhor que uma justificativa médica??? E aí, já viu né...uma semana empatada e uma com resultado negativo em 300 gramas. Aff...
Ok, erro cometido, o tempo passado não volta, hora de corrigir o presente...e já comecei!!! Na próxima semana estarei novamente nos eixos, linda e bela e mais magra na balança!
As fichas caíram ontem como um turbilhão na minha cabeça e já tracei tantos planos bons...vamos nós.

Na próxima mudança de casinha vou me dar um presentão pelo qual estou A-PAI-XO-NA-DA: Flower by Kenzo.

Boa noite à todas e bons resultados, rumo a um período festivo bem mais leve...

*Em tempo, to usando uma calça tamanho 44 - vou dar uma experimentada nas outras 44 que estão lá longe pra ver o que já serve... só resta dizer : Uhuuuuuuuuuuuuuu !!!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

COMUNICAÇÃO, este é o segredo!!!

Um dia, estava num quiosque na praia com mais duas amigas, e quando a gente se junta já viu né... falamos bem e mal de muita gente, zoamos tudo e todas incluindo nossas próprias vidas até que num dado momento aproxima de nós um garoto. Bonito ele nem era, mas tinha o dom de COMUNICAR. Em algum momento ele nos ouviu conversando sobre algo que ele dominava muito bem e utilizou este artifício para se aproximar de nós...eu juro que achei que seria mais uma cantadinha de quinta, mas o tal carinha ARRASOU... e conseguiu conversar com nós três até que de repente o irmão dele e os outros que estavam com ele, mas que não participaram da abordagem inicial vieram juntar-se a nós...e aí, acabou tudo...os meninos eram meio "fanfa", meio "prezepeiros" e toda "magia" daquele papo tão agradável se desfez em segundos... Levantamos e fomos embora, e um papo que tinha tudo para fazer no mínimo uma amizade legal surgir, terminou sem ao menos uma troca de twitter (pra não dizer telefone que já é beeeeem mais pessoal)...A essas alturas vocês já devem estar se perguntando o que diabos esta história de uma "cantada" frustrada está fazendo num blog que fala sobre emagrecimento...pois bem, fiquei pensando sobre como a COMUNICAÇÃO é determinante nas nossas relações e cheguei à conclusão de que no emagrecimento também é assim...a forma como nos comunicamos com nosso próprio corpo é o que determina se temos um corpo magro e saudável ou um corpo gordo,triste e doente...enquanto mandamos a ele, mensagens de desamor, descrença, desânimo, permissividade, indisciplina, bagunça, etc vamos continuar cultivando os velhos hábitos e engordando cada vez mais...agora, se ao invés disto, oferecer-mos amor, fé, ânimo, disciplina, rotinas saudáveis, organização, positividade, teremos os melhores resultados possíveis...
Nosso corpo é uma máquina que saiu com o programa mais perfeito do mundo de fábrica. Deveríamos comer quando houver fome, beber quando ouver sede, dormir quando houver sono...o problema é que nós instalamos softwares inadequados, abrimos qualquer spam sem ao menos verificar se existem vírus e aí, a comunicação entre nós e o nosso corpo se torna deficiente...
É preciso então, retomar esta comunicação e sem dúvida, a melhor maneira é o exercício de auto imagem!!!
beijossss meninas

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Um dia de repouso forçado...

Que saudade imensa da "blogsfera"...
Já não como mais por ansiedade e problemas...estou em reabilitação e aprendendo a comer somente por fome física...e o meu corpo aprendeu isto...o problema é que ele também aprendeu a descontar os problemas de outra maneira. Tive uma crise do mal de gastrite e fui parar no hospital...pelo menos umas três horas deitadinha com soro, antak e dipirona na veia e esperando o exame de sangue ficar pronto. Infecção descartada fiquei somente com a gastrite... aff e quem merece isso hein??? Euuuuuuuuuuu não mereço!
Pelo menos foi bom ficar em casa porque coloquei a minha cabeça no lugar a respeito de muita coisa...com a cabeça fria tomamos decisões mais acertadas não é mesmo???
Também aproveitei pra colocar no correio o presentinho da minha amiga Valerie ...aquele que eu prometi quase um mês atrás...rsrsrsrs é da minha "grife" feito por mim amiga...espero que goste!!! Tirei uma foto da embalagem no correio com o celular pra postar aqui, mas não sei onde está o cabo, não consegui passar pro computador...então vai ter de ficar na surpresa...
Quanto ao emagrecimento, está tudo indo bem, estou emagrecendo um pouco mais devagar, em média 0,600 kg por semana, mas estou feliz, tudo fantástico!!!


* GASTRITE é a inflamação da mucosa que reveste o estômago. Esta inflamação é causada por diversos fatores e pode ser crônica ou aguda. Na forma crônica, dificilmente é diagnosticada pois pode não apresentar sintomas. Na forma aguda, apresenta os seguintes sintomas: dor e queimação no abdome, azia, vômito, fraqueza, perda de apetite, etc e pode ser causada por diversos fatores, dentre os quais: medicamentos, estresse físico e psíquico, etc.

O médico que trata os males do estômago é o GASTROENTEROLOGISTA que acompanha o caso com exames específicos incluindo a endoscopia.

Indo visitar os outros blogs e preparando a "dieta" de amanhã...

Beijos com saudade de todas!!


sábado, 10 de outubro de 2009

Benefícios de um corpo mais magro...

Tenho escrito muito aqui sobre os benefícios emocionais de emagrecer, sobre as sensações prazerosas de comprar uma roupa bonita numa loja que gostamos, sobre ser elogiada por muitas pessoas e basicamente sobre como tudo isso alegra. Hoje, vou ser um pouco mais técnica escrevendo sobre os benefícios físicos de emagrecer. Óbvio que todas nós ouvimos e somos bombardeadas por estas informações com uma certa frequência, uma vez que a população de obesos só aumenta e o conhecimento sobre os mafefícios da obesidade idem. Aqui, vou escrever de maneira técnica-prática, assim: sim, é verdade emagreci e percebi que:

DISPOSIÇÃO/ ENERGIA

Tenho acordado tão cedo quanto acordava antes, mas me sinto mais disposta e com muito mais energia para o dia que se inicia. A ladeira e as escadas que subo diariamente para chegar ao trabalho e na minha sala já não me cansam tanto como antes e já sou capaz de subi-las bem mais rápido.

Tenho feito mais coisas à pé também, inclusive na chuva. Já não me sinto tão dominada pelo bicho preguiça que morava em mim...acho que o contrato de aluguel com ele venceu e como não renovou, foi despejado...rsrsrsrs


DOR NAS COSTAS/ DOR NO PESÇOCO


Tenho a coluna meio torta patologicamente falando, muitos anos de RPG depois e muitos quilos a menos no corpo, sinto a coluna doer bem menos e o pescoço idem. Óbvio que depois de ficar o dia inteiro andando na sala, corrigindo cadernos e provas no estágio, o esqueleto dói, mas dói menos do que quando suportava um peso bem maior...






DOR NO JOELHO PELA CONDROPATIA


Bem, eu tenho condropatia no joelho direito. Esse palavrão nada mais é do que um pequeno desgaste de um componente articular (isso me disse o ortopedista uns 2 anos atrás) e meu joelhinho está sorrindo com a minha decisão de emagrecer, sorrindo não gargalhando...quase não sinto mais dor.








FLEXIBILIDADE


Estou bem mais flexível. O meu corpo já não reclama tanto ao ter que me esticar para pegar um objeto no alto ou no chão. O movimento muito pelo contrário está me fazendo bem.







AUTO ESTIMA/BOM HUMOR
Quase impossível dissociar auto estima de bom humor. Quando a gente se ama mais sorri mais e consequentemente as pessoas nos veem sorrindo mais. Nosso humor melhora pra gente e pro mundo.











Bom, é isso, vale à pena emagrecer não só pelos benefícios estéticos e emocionais. O corpo (estrutura física) agradece cada quilo, cada grama emagrecido, tenho certeza disto.
Boa semana e bom feriado para todos!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Uma nova mulher está nascendo...


Esta semana não tinha tido tempo, ainda de passar por aqui. A reunião da meta na segunda feira foi sobre "compulsão", característica marcante de todas nós em emagrecimento, afinal, se não fôssemos compulsivas, nunca teríamos estado gordas um dia! Bateu forte no coração novamente!!!

Quanto ao peso, empatei...mantive exatamente o mesmo peso da semana passada. No início fiquei muito chateada, mas depois compreendi que as vezes isto acontece mesmo e também lembrei que faz alguns dias que sofro com uma prisão de ventre básica, como nunca tive antes...quando lembrei disto, liguei pra orientadora pedindo idéias pra me livrar dessa maldita e desde então entraram no meu cardápi aveia, milho, farelo de trigo, pipoca, espinafre e outros alimentinhos ricos em fibras, principalmente à noite.

Hoje tive uma conversa muito legal com uma amiga, sobre Deus e em meio às lágrimas me veio o conforto de ser amada, acarinhada, entendida, por alguém tão especial como Papai do céu. Percebi como o perdão é importante e que depois que ele acontece, tudo muda: a vida, o sentimento, os objetivos, o mundo à minha volta.

Obrigada Senhor, pois eu mereço, aceito, agradeço e quero muito mais de tudo o que está acontecendo comigo...sou grata por cada segundo!

domingo, 4 de outubro de 2009



" E o bom da vida é viver bem


Estar bem,


Querer bem,


é particular..."
Mais um fim de semana cheio de coisas pra fazer, entre elas, a mais desagradável: desacarizar (nem sei se essa palavra existe...rsrsrsr) a casa e de muitas descobertas boas, apesar da raiva que to sentindo do meu mecânico, raiva esta que muito exemplarmente não foi canalizada para o meu estômago...aliás, o meu estômago é o foco do assunto de hoje...descobri que ele está totalmente reeducado, que o processo agora é todo na cabeça.
Ontem tinha combinado uma badalação com umas amigas, mas uma teve um problema e resolvemos mudar o rumo, de balada pra conversa e comida mexicana. Fomos ao Mexdelícia no Downtown e escolhemos o rodízio...óbvio que como é a primeira vez que fui para um rodízio depois de começar o processo, não soube me comportar como uma lady...comi em muito mais de 20 minutos e ultrapassei a saciedade...paguei o preço: o estômago pesou muuuuuuuuuito, mal consegui dormir, mesmo caminhando hooooooooooooooras depois da "escapada" gastronômica, fiquei mal.
Mas o melhor de tudo foi perceber que, apesar de ter exagerado eu consegui me comportar bem. No rodízio, recebíamos um papelzinho para marcar as coisas que queríamos que viessem pra nossa mesa...e advinhem, (na mesa estávamos eu e a minha amiga magra)quem pediu arrego da comilança primeiro? EUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU e a minha amiga ainda disse que comeria mais...e eu quase pedindo pra ir pro hospital de tão mal que estava me sentindo... comemos entradinha de guaca mole e sour cream, umas quentes de queijo e feijão com queijo e dividimos apenas 1 de cada quesadilla, burritos e taco. Na sobremesa, um burrito bem pequeno de banana com nutella. E a cabeça gorda queria mais comida, mas não era a minha...saí feliz e compreendi que agora que o meu estômago entendeu que não precisa de taaaaaaaaaaaaaaanta comida, resta "domesticar" completamente o meu cérebro de que comida é apenas comida e não outra coisa.
PS.: Pintei os cabelos com um tom avermelhado lindo e brilhante e já estou entrando em váriaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas roupas que eu não entrava mais...Iuhuuuuuu... aqui, só eu entendo como é boa essa sensação maravilhosa, aí do outro lado, eu sei que vocês me entendem..."E o bom da vida é viver bem, estar bem, querer bem..."

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Verás que um filho teu não foge à luta...

ORGULHO DE SER BRASILEIRA, SORTE DE SER CARIOCA !!!


Pois é gente, estou imanesamente feliz com a escolha do Rio de Janeiro para sediar as Olímpíadas de 2016, como não poderia deixar de ser, afinal, está no sangue duplamente: carioca por nascimento e professora por opção...o educar, o esporte são e serão o meu trabalho sempre!!! Além disto, vejo nesta escolha a possibilidade de muitas melhorias na nossa cidade. A segurança vai ter que melhorar, o transporte, a saúde, a (des)poluição e até mesmo a educação vão ter de estar melhores, bem melhores quando a Olimpíada chegar... Meu coração brasileiro, carioca, não poderia estar mais feliz, quanta emoção!!!
E quanto ao emagrecimento, não poderia estar mais feliz... hoje, entrei numa bermudinha jeans que não cabia faz tempo...
Comentei num post recente (saindo da caverna) que passei muito tempo escondida do mundo, que tinha abandonado as saídas que tanto gosto e hoje achei super engraçado, uma amiga falou de um evento no Circo voador e quando eu disse que queria ir, me chamaram de velha...porque eu não ia à nada...foi quando eu disse que era muito chato ter amigas que não me compreendiam (estava brincando quanto à isso ser chato, porque eu nunca expliquei isto à elas, não há como elas entenderem) e que eu não tinha ficado velha e sim gorda e que não queria sair porque nada cabia em mim. Engraçado que elas riram e disseram que eu sempre me vesti bem, mesmo antes de começar a emgarecer...nem sei dizer se isto é mesmo verdade, enquanto estava mais gorda, sempre me senti ridícula com qualquer roupa que colocasse, até porque eu não consigo me sentir ou me imaginar bem vestida com uma calça maior que 44 (no máximo)...não tem jeito, é um sentimento interno e ninguém nunca entende...talvez por isso eu tenha sofrido tanto em silêncio. Geralmente, as pessoas acham que o gordinho é sem vergonha, guloso, sem força de vontade, descontrolado é bem verdade que até pode ser um pouco verdade, mas não é só isto. O gordinho precisa entender que a comida não é fonte de carinho, amor, etc. O gordinho precisa mudar a sua maneira de pensar, de sentir, de agir, de comer e só assim ele irá emagrecer e enquanto ele não muda, ele sofre em silêncio porque ninguém o entende... estou mudando a minha maneira de pensar, de sentir, de agir e de comer e o resultado está pra lá de bom!
Sucesso meninas !!!


segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Feliz da vida...


Voltando da reunião do Meta, com uma excelente novidade:
Desci uma casinha!!! Uhuuuuuuuu
Na próxima casinha, vou fazer um sorteio para comemorar, mas nesta o presente vai para uma pessoa mega especial que me inspira, me anima, me incentiva e talvez nem saiba de tudo isto: Valérie Roberto, meu presente é pra você!!! Me manda seu endereço por direct messenger no twitter que seu presentinho vai chegar aí!!!
Beijos gente, to MEGA SUPER HIPER, ULTRA FELIZ e antes que eu esqueça:
Eu mereço, eu aceito, eu agradeço e eu quero mais!

Saindo da caverna II...

Ainda com inspiração no meu post de ontem, saindo da caverna, vem a segunda parte boa deste processo: redescobrir as coisas boas da vida. Por exemplo: entrar numa loja e encontrar uma roupa que lhe sirva e melhor ainda é quando esta loja é uma marca que você ama...Não trabalho lá, não sou dona da loja e nem filha ou parente da dona, apenas me identifico muito e desde sempre com o estilo da MYTH. O fato é que faz um certo tempo que não conseguia encontrar na Myth, algo que me coubesse e ficasse bem, pois é...hoje eu consegui e olha que ainda nem estou magra, apenas um pouco menos gorda...e consegui comprar duas camisetinhas e uma batinha amarela lindaaaaaa...não bastasse isso, ao chegar em casa, resolvi experimentar mais uma calça da série "eu não caibo mais nas roupas que eu cabia" e eis que a calça entrou...é, realmente esse negócio de emagrecer está me fazendo bem...


E na perspectiva de cuidar da pessoa mais importante do mundo, incluí o tratamento da alergia que me consome desde os áureos tempos...e vacina, comprimido, protetor de travesseiro e colchão, solução acaricida, máscara cirúrgica pra escrever no quadro, limpar a casa 3 vezes por semana e bla bla bla são pouco perto do que sofri de sinusite causada pela alergia...cuidar de uma rosa dá trabalho, mas vê-la desabrochar e encantar a todos é a melhor recompensa que se pode ter...
Beijos, estou indo pra reunião da Meta.

domingo, 27 de setembro de 2009

Saindo da caverna...

Impressionante como o fato de estar com muitos quilos acima do que é normal faz a sua vida mudar num repente...só hoje me dei conta disto.
Quem me conhece e conhece bem, sabe que eu adoro a noite. É bem verdade que já gostei mais de beber que hoje em dia, coisas da idade talvez, mas que eu adoro dançar é indiscutível. As minhas festas de aniversário sempre foram as mais animadas, as mais bombantes e as que reuniam o maior número de amigos...a do ano passado então foi sensacional: festa à fantasia! E como foi exatamente no ano passado que eu vi o meu corpo ganhar 17 kg num piscar de olhos, fui aos poucos e sem ao menos perceber entrando numa caverna cada vez mais funda. Chorei muito, busquei ajuda de uma psicóloga, mas não tinha, até hoje conseguido entender o porque de eu estar daquele jeito...Hoje eu sei, hoje eu descobri.
Tinha um aniversário pra ir e coloquei a blusa preta linda que eu amo, a calça que não cabia e coube, meu very sexy da Victoria´s Secret, um make caprichado e um belo salto e fui, me sentindo... meus amigos todos perceberam que algo estava diferente...muitos não se deram conta do que, mas viram o brilho dos meus olhos voltar... não foram poucos os que me disseram que eu estava bonita, com o cabelo bonito, com uma blusa bonita e por aí vai. E pra isso, é aquela história: mereço, agradeço, aceito e quero mais.
Mas o melhor de tudo foi o que eu percebi: eu estava me escondendo de mim e do mundo porque estava muito gorda...(emagreci 6,2 kg e já voltei a sorrir...imaginem só com tudo o que vem pela frente...EU QUERO MAIS, EU MEREÇO MAIS E EU POSSO MAIS!!!) é como se eu quisesse que o menor número possível de pessoas me vissem com aquele corpo...mas hoje, como foi diferente eu queria mais era que todo mundo me visse vitoriosa em processo de emagrecimento.





* Chega de me esconder do mundo, eu nasci pra brilhar!!!



* Antes de sair pra festa jantei, e na festa, embora o bolo estivesse muito bonito, não passei nem perto...ou melhor, passei bem perto, ao entregar a fatia para o meu namorado, mas nem comi. A festa serviu pra rever grandes e bons amigos e dançar muuuuuuuuuuuuuuuuito, porque eu adoro dançar. Com o calor, tomei apenas refrigerante diet. Boa garota!




Boa semana pra todo mundo!




sábado, 26 de setembro de 2009

Beeeeeeeeem diferente...

Nossa, que semana corrida e agitada a minha, com direito à um passeio de Reboque com meu carro que quebrou em plena orla de Ipanema hoje...um espetáculo!!! Fiquei tão chateada que me rendi à minha cabeça de gorda e comi besteira, quer dizer, besteira não, comi na fome física, mas em maior quantidade: damasco seco, pão de queijo e semente de abóbora...que raiva, mas passou...EU ME PERDOO!!!! E cá pra nós, saber perdoar a si mesma é beeeem difícil!!! Agora é bola pra frente que na próxima refeição vou ser excelente...
Estou bem mais magra já e recebendo muiiiiiiiiiiiiiiiiitos elogios por isto e aceito todos eles, mereço todos eles, agradeço todos eles e quero muito mais deles!!! O mais engraçado de todos veio da minha mãe...imaginem vocês que ela me pegou em flagrante trocando de roupa. Naquele momento ela não falou nada...algumas horas depois, ela me sai com a seguinte pérola: " - Tá vendendo pneu?" eu não entendi foi nada, achei que ela estava falando dos pneus do carro e respondi que não, que eu tinha guardado o step na casa de Caxias. Ela riu e aí explicou que se tratavam dos pneus do meu corpo...Como minha mãe é delicada como um elefante, encarei como um grande elogio!!!
É isso meninas, vou agora ao mercado, quero comprar umas coisinhas: queijo branco, hortelã, tomate e alface...quero um jantar de diva hoje, com os melhores talheres, a melhor louça, o melhor tempero, e por aí vai.
Bom fim de semana para todas vocês!!!
Eu já tinha até fechado esta postagem, mas aí, resolvi experimentar duas calças...1 não cabia faz tempo e a outra ganhei de uma amiga que emagreceu muuuuuuito sem que ela nunca tivesse usado...mas pra estreá-la eu recisava eliminar a minha mão de "banha" pra que ela fechasse e advinhem: FECHOUUUUUUUUUUUUU, fiquei pulando feito uma louca pela casa e explodindo de felicidade!!! Uhuuuuuuuuuuu!!!
Beijo grande e olhem que máximo a minha prévia de um antes e depois, com 6,2 kg eliminados:
PS.: Observem que agora eu tenho pescoço, e que não tenho mais 2 queixos!!!!!!! Iuuuuuuuupiiiiiiiiiiiiiiiii !!!! Dá até vontade de me arrumar e ficar ianda mais linda!!!
Olhem a diferença no manequim:

terça-feira, 22 de setembro de 2009

" Foi o tempo que dedicaste a tua rosa que fez a tua rosa tão importante" .


Fui à T&S, que eu simplesmente amo e de repente me deparei com um caderninho lindo que tem esta frase do querido "Pequeno Prícipe " na capa...não resiti, amor à primeira vista...vai virar meu novo diário aliementar... até porque a minha rosa está sendo cuidada...rsrsrsrs
Sentir-se mais magra é algo que definitivamente não tem preço. Ao todo, já eliminei 5,100kg e acreditem, as calças estão largas, as blusas estão mais largas e até os anéis estão saindo dos meus dedinhos...imagine só daqui pra frente! Estou me dedicando bastante nesta semana, porque a minha meta é a mudança de casinha na balança que está beeeem próxima já!
Gente, tô bem. Depois de um fim de semana mega conturbado e de um turbilhão de pensamentos daqueles que atormentam qualquer ser humano, estou emagrecendo e está sendo maravilhoso demais!


* Cuidando da minha rosa, dedicando tempo à ela!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Que semana...

Bem, ontem postei uma história louca, que como a Pri disse, ficou confusa na cabeça das pessoas, mas eu consegui o meu propósito: desbafei... a raiva era tanta que eu precisava ter em mim a sensação de que contei pra alguém, mesmo que ninguém entenda...logo a seguir, saí pra espairecer...comprei duas maquiagens lindas da contém 1gr e fui ao cinema com meu amor. Escolhi um drama, talvez porque estivesse com raiva e sem dúvida alguma, eu não me arrependi. O título original é "My sister Keeper" que na tradução virou "Uma prova de amor" A história da família Fitzgerald é FAN-TÁS-TI-CA. Uma prova de que muitas vezes, vivemos presos à pessoas e situações (e até mesmo pensamentos) nunca conseguindo nos dar conta de que as coisas passam, as situações mudam e que as pessoas que amamos também se vão. Recomendo, mas quem é um pouco mais sensível aconselho levar uns lencinhos de papel...rsrsrsrs

Hoje foi dia de reunião no Meta. Desta vez foi uma palestra mais técnica, mas que eu preciso colocar um pouco mais da minha atenção neste aspecto: a velocidade de comer. Eu melhorei bastante, mas ainda como em velocidade média, pode-se dizer assim...

Mas o melhor desse dia que choveu, choveu e chove foi o resultado na balança: eliminei 900 gr durante a semana que passou. Agora rumo à mudança de casinha!!! E como prometi, vou dar um presentinho pra uma pessoa muito especial por isto.

hoje conversava com uma amiga louca que eu tenho sobre a emagrecer. Ela ainda tem algumas concepções imutáveis sobre este processo e neste caso não adianta insistir, mas o que eu disse a ela digo a todas vocês: nenhum alimento, seja ele qual for pode ser mais nocivo que um comprimido de qualquer remédio para emagrecer. Gente, isso é perigoso!!! A Meta Real está aqui no Rio e em tantos outros lugares, vale experimentar. E se não rolar Meta, vale Vigilantes, Peso Ideal, Psicoterapia, Acunpuntura, Yoga, Super bonder na boca, o que for, só não tomem esses malditos comprimidos!!!

Beijosss

domingo, 20 de setembro de 2009

A história de uma Cinderela Real...


Um dia cinderela estava em casa esperando seu primo pra sair e ele chegou apressado e triste. Sofrera um acidente e embora estivesse bem, a carruagem da Cinderela havia sido destruída pela inveja e pelos sentimentos ruins que habitavam o coração da bruxa má.

Sem demoras, o primo de Cinderela correu e avisou às autoridades responsáveis sobre o acidente que sofrera e inclusive afirmou que assumiria os prejuízos que havia causado, embora o acidente tenha sido causado pela bruxa má.

As autoridades responsáveis entenderam que o primo da Cinderela era a vímita da situação e isto incomodou a bruxa má, fez com que sua inveja e os sentimentos ruins se tornassem ainda maiores em seu coração de bruxa.

Passado alguns dias, a bruxa má convocou uma assembléia no reino. Lá, a bruxa má contou a todos do reino o quanto o primo da Cinderela havia sido negligente ao destruir sua carruagem de bruxa e permanecer calado. Todos na assembléia apoiaram a bruxa má, menos as autoridades responsáveis e um dos membros do reino que acreditaram na verdade dita pelo primo da Cinderela.

Cinderela soube do que acontecera na assembléia e amargou uma dor imensa em seu coração bom. A dor de não poder gritar ao reino o que de fato acontecera a seu primo.

Queriam expulsar a Cinderela do Reino. Então as autoridades responsáveis pelo reino resolveram agir. Um dos membros do reino se ofereceu para amparar a Cinderela e ela ficou imensamente grata e viu seu coração transbordar gratidão.


(Óbvio que todo este papo de Cinderela relata uma situação que eu mesma vivi. Acontece que como a internet é um mundo onde tudo e todo mundo se acha, não quis narrar os fatos que me entristeceram o coração da maneira que eles ocorreram e limitei a contar a história da Cinderela.

E quanto aos personagens da história:


Sou imensamente grata às autoridades responsáveis e ao membro do reino;

Perdoo a bruxa má porque além de ser má, ela não sabe o que faz. Desejo que Deus cure o seu coração de bruxa e lhe dê um coração divino;

Amo o primo, por seu zelo, seu cuidado e tudo mais;

Desejo que os membros do reino enxerguem que a vida é muito mais que isto e que um dia todos, sem exceção teremos o mesmo fim e isto independe de posição ou classe social;

Amargo a dor de estar sendo injustiçada e não poder falar nada.)
* Cinderela foi a primeira que me veio à cabeça, poderia ser A Branca de Neve, a Chapeuzinho vermelho ou qualquer outra.

Pronto, desabafei !